Um Porto “à moda” da Madeira

Dois enólogos juntaram-se com o objetivo de criar um vinho sem preconceitos. Dessa união nasceu o Conceito by Barbeito Porto Branco NV, uma nova abordagem ao vinho do Porto.

Nem sempre amigos e negócios estão à parte. Rita Marques, o rosto dos Vinhos Conceito (Douro), e Ricardo Freitas, enólogo principal da Barbeito Vinhos (Madeira), desde cedo perceberam que partilhavam a mesma visão arrojada sobre o vinho, mas só em 2014 as ideias começaram a ganhar forma.

Foi nessa altura que Ricardo viajou até ao Douro e aceitou o desafio de Rita para criar um novo Porto Branco, repleto de vivacidade, frescura e com perfil assumidamente diferente do habitual. Juntaram-se as aprendizagens, fizeram-se experiências e uniram-se duas regiões separadas pelo Atlântico.

A escolha das uvas foi o passo seguinte. Rita ofereceu a sua melhor parcela, uma vinha com 80 anos localizada no Douro Superior, onde estavam plantadas uma mistura de castas tradicionais da região, desde Rabigato, Códega, Códega do Larinho, Gouveio, Donzelinho Branco, Arinto, Folgazão e Boal, entre muitas outras.

As uvas foram colhidas cedo, para enfatizar a sua acidez natural, e tratadas segundo o método da pisa a pé em lagares de granito. O engarrafamento foi breve, logo após a primavera, com a intenção de captar a frescura e vivacidade do vinho, manter a sua concentração e textura aveludada e rica.

Conceito by Barbeito Porto Branco NV é, por isso, um vinho encorpado, fresco e suavemente sedutor. O rótulo, que não inclui a data de colheita, sendo considerado um “não vintage” (NV), sugere uma fusão divertida entre a imagem dos dois produtores.

Mark Squires, reconhecido crítico norte-americano, já provou e aprovou a primeira colheita de Conceito by Barbeito. Aos 93 pontos atribuídos, o crítico inglês juntou elogios, afirmando que este é um vinho “que tem as suas próprias virtudes, muita concentração e elegância. Mal posso esperar pelos próximos anos.”

Para esta primeira abordagem ao consumidor apenas foram produzidas duas mil garrafas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *