Da Idade Média ao Barroco, jornadas celebram Escola de Música da Sé de Évora
2021-10-01
A forma mais exigente da criatividade corresponde à dimensão artística
2021-10-01
Mostrar tudo

Parlamento aprova voto de pesar pela morte de Manuel Ferreira Patrício

SWPortugal texto Associação Nova Cultura foto

A Assembleia da República aprovou hoje, por unanimidade, um voto de pesar pelo falecimento, no passado dia 11 de setembro, de Manuel Ferreira Patrício, professor catedrático e antigo reitor da Universidade de Évora.

O voto de pesar, apresentado pelo grupo parlamentar do PSD, sublinha que Manuel Ferreira Patrício, “ao longo de uma vida de reflexão, de estudo e de intensa ação cultural e educativa”, afirmou-se “como uma figura de invulgar relevo no panorama da meditação sobre a formação do homem, que denominou antropedagogia, bem como da hermenêutica do pensamento português contemporâneo, como exemplarmente o documentam os seus estudos de referência sobre Leonardo Coimbra, Teixeira de Pascoaes, Fernando Pessoa e António Sérgio, entre muitos outros”.

Licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e doutorado em doutorado em Ciências da Educação, foi reitor da Universidade de Évora entre 2002 e 2006, tendo desempenhado um diverso conjunto de funções académicas e políticas, entre as quais a de diretor-geral do Departamento do Ensino Superior do Ministério da Educação (1993-1996), além de ser autor “de vasta obra nas áreas da pedagogia, da filosofia, da filosofia da educação, da cultura e da música”.

O voto de pesar sublinha ainda que, da “extensa galeria de distinções que reconheceram o mérito do seu trabalho”, constam “a outorga do doutoramento honoris causa pela Universidade do Porto, em 2002, a medalha de mérito municipal, classe de ouro, pela Câmara Municipal de Évora (2006), e a Grã-cruz da Ordem do Infante D. Henrique, em 2012”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *