Manuel Dordio apresenta “Dor” com vídeo de Joana Linda
2020-10-03
Mostrar tudo

Festival Gastronomia de Bordo decorre em Peniche até final de outubro

A terceira edição do Festival Gastronomia de Bordo decorre este mês, em Peniche. Como nos anos anteriores, parte desta cidade, ruma a Ílhavo e atraca na Murtosa. Os três municípios estão ligados pela temática do mar e pelo que este representa nas suas histórias, associadas à pesca longínqua, costeira e lagunar.

Em Peniche, a criação da marca territorial em torno do mar reflete não só uma aposta estratégica, como também a valorização de um passado histórico alicerçado nas atividades relacionadas com a pesca. A gastronomia constitui um património cultural que importa preservar e potenciar e para as comunidades da pesca, assume um papel importante para o desenvolvimento económico e atratividade local.

Este ano, o festival Gastronomia de Bordo em Peniche adaptou-se às novas circunstâncias e fica circunscrito à experimentação dos pratos nos restaurantes D`Raiz, Ambassador, Xakra Beach Bar, Entre Tapas, Estelas, O Pedro, Sardinha, Tables Ferrel, Prainha Restaurant & Wine Bar, O Minhoto, Tribeca,entre outros que assumem o compromisso de garantir que as receitas e pratos correspondem à sua origem, amarrada às épocas e às técnicas de confeção tradicional.

Até 25 de outubro, podemos encontrar o seguinte receituário nos restaurantes aderentes a esta iniciativa: alfaquique (peixe-galo) com açorda de ovas, arroz de sardinhas, sopa de peixe, caldeirada à moda de Peniche, cavala salgada à moda de Peniche, filetes de peixe-porco com arroz de berbigão, lagosta suada à moda de Peniche, polvo suado, quelmes secos grelhados com batatas a murro, raia de molhinho, sequinho, entre outros.

Os municípios de Ílhavo, Murtosa e de Peniche integraram uma candidatura no âmbito da Programação Cultural em Rede que visa desenvolver um programa assente na valorização do património material e imaterial, através de iniciativas que incrementem o turismo cultural e contribuam para o aumento da competitividade regional. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *