Novo livro de João Luís Nabo “mergulha” no Alentejo de Salazar
2021-06-11
Do determinismo existencial à caixa de Pandora. “A Anomalia”, de Hervé Le Tellier
2021-06-13
Mostrar tudo

(música) Carlos Poeiras e o acordeão: a simbiose perfeita.

Ao ouvi-lo tocar não sabemos se é o Carlos Poeiras que se dedica ao acordeão, se é o acordeão que foi inventado para ser tocado pelo Carlos Poeiras. Trata-se de uma simbiose perfeita. 

O tema, composto por ele, é um típico ‘pasodoble’ um estilo musical que, apesar de ter surgido em Espanha no século XVI, se tornou popular em toda a zona da raia e no Alentejo a partir da década de 20 do século passado, tocado por ocasião das feiras, das corridas de toiros e das festas populares. Chama-se “Olé, Joaquim José ‘Rato'” e é uma homenagem a este tocador, mestre autodidata já falecido. 

Gravámos em Avis na manhã do passado dia 10 de junho, numa recanto que poucos irão reconhecer. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *